Close
O início de mais um semestre

O início de mais um semestre

Arquitetura é muito mais do que lapiseira e papel! Pra você que concorda, nesta série trataremos de todos os aspectos reflexivos que envolvem esse imensurável mundo arquitetônico no qual vivemos.

Para alguns elas já começaram, para outros estão aí à espreita, mas fato é que o semestre está aí e novatos ou veteranos, teremos todos que encará-lo de frente. A maioria das pessoas que eu conheço se decidiram por Arquitetura muito cedo, e sabem dizer exatamente o porquê dessa decisão, eu não!!!

Arquitetura surgiu na minha vida “do nada”, e chegou tomando conta de tudo (principalmente das horas em que eu deveria estar dormindo), e com você, como foi? De família? “Amor a primeira vista”? Você sabe explicar o por quê? Ou ela é uma eterna incógnita na sua vida?

Eu não sei! Só sei que um dia coloquei na cabeça que queria fazer física, achei muito complexo, mudei pra jornalismo, achei muito simples, mudei pra direito, achei obsoleto, mudei pra engenharia, achei muito chato, mudei pra design de interiores, achei muito pouco, e caí na arquitetura! Caminho longo? Durou muito menos tempo do que vocês possam imaginar, mas ainda sim, olhando pra esse caminho, não sei dizer o que me fascina nesse mundo.

A cada novo semestre me pergunto se vale a pena todo aquele sofrimento novamente. Poucas horas de sono, crises do papel em branco, ter que se dobrar em dois pra dar conta da sua quase extinta vida social, Metro lotado, horas no trânsito, dores na mão, nas costas, pescoço, cortes de estilete, cola no cabelo, “super bonder” nos dedos, quarto caótico. E dias depois de estar de volta o ânimo vem, a alegria de aprender mais sobre algo que eu amo, e todas as dúvidas se vão, ao mesmo tempo em que todas as dificuldades vem, mas no final você decide que vale a pena.

Pra você que eventualmente estiver no inicio dessa jornada, prepare-se, você vai sofrer… risos… brincadeira… você vai se divertir muito, mas vai chorar muito também (de ódio, de raiva, de desespero, mas também de alegria, de felicidade). Pra aqueles que estão terminando: Uhuuul!!! Parabéns! Jogar o capelo pro alto vai ser o melhor momento da sua vida, você vai ajoelhar e dizer: ATÉ QUE EM FIM!!! … risos…e quando você pensar que o pior já foi, o mundo real vai te abocanhar e você vai perceber que tudo o que você viu, não era nada!!!

Agora, há aqueles, como eu, que estão no meio do caminho (mais exatamente no meio impossível), agora é a hora da provação. Você já foi até a metade, não vai desistir agora, não é? Ou então, você percebeu que não era bem isso o que você esperava? Ou pior, você gosta, mas não sabe se é o que quer fazer pro resto da sua vida?

É pessoal, é assim mesmo! Todo mundo tem seu momento de dúvida, e ouso dizer que a galera de Medicina, Direito e Arquitetura tem mais desses momentos do que todos os outros, mas arquitetura você não decide, não escolhe, ela nasce com você, ou melhor, num certo momento da vida ela nasce dentro de você. Se espalha por cada pensamento seu, e “aí já era”, depois de picado pelo bichinho da arquitetura, dificilmente você irá desistir, custe o que custar, você fará de tudo, por uma questão de honra, para conquistar seu diploma.

Aos formandos: Boa sorte nesse ultimo semestre (ou ano, para os cursos anuais)!!! Que tudo que você aprendeu durante esses anos te acompanhe para sempre na sua vida! E que seus últimos momentos como aluno sejam excelentes!

Aos iniciantes: Boa sorte em dobro! Esses 5 anos (ou mais) se mostrarão os mais difíceis da sua vida, mas não desista, se você sabe que é isso que quer, vai dar certo!
Aos demais: Boa volta às aulas! E força, você já chegou até aqui! Arquitetura não é pros fracos, então você vai conseguir!

Espero que esse semestre seja de bons frutos a todos nossos leitores, e colaboradores, e espero ver muitos projetos incríveis de vocês no “Projeto do Leitor”, heim?!

Então, conta pra gente, como a arquitetura apareceu na sua vida? Quando você teve certeza de que era isso que você queria? Quem te influenciou antes, e quem te influencia agora?

Você é modernista? (como eu) Contemporâneo? “Curte” a Zaha? A Lina? O Libeskind? O Le Corbu? Mies? Pei? OMA? Titio Oscar? O senhor “nãoseiporquefizaquilocomapraçadopatriarca” Costa?

Conta aí… a galera do Arktetonix está sempre querendo saber mais de vocês!!!

Bauhaus Dessau
Bauhaus Dessau

Obs.: Lembrei de uma frase de um vídeo de apresentação do curso que passam pros novatos depois da aula trote lá no Mack, e diz assim: “Uma pessoa dorme em média 8 horas por dia, isso quer dizer que uma pessoa de 60 anos dormiu 20 anos da sua vida. Quantos anos você tem agora? Reflita!!!” Fala se não é a mais pura verdade?!

Até a próxima galera!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close